I just can’t get you out off my head…

Video

POEMA DO AMOR SEM EXAGERO – Joaquim Cardozo
Eu não te quero aqui por muitos anos
Nem por muitos meses ou semanas,
Nem mesmo desejo que passes no meu leito
As horas extensas de uma noite.
Para que tanto Corpo!
Mas ficaria contente se me desses
Por instantes apenas e bastantes
A nudez longínqua e de pérola
Do teu corpo de nuvem

***
Post sobre uma música que decidiu tocar em todas as baladas que vou e em todas as séries que assisto, e de uma poesia que me tocou, coisa que até então só a boa prosa tinha conseguido. E de como não consigo parar de pensar em nenhuma delas.

Música do dia/semana/mês/vida

Video

Vida is happening e não tenho tempo de entrar tanto quanto eu gostaria aqui. =/

Hoje deu tempo pq aquele lindo não foi dar aula, uma manhã inteira livre, sem os textos do mestrado por aqui, tempo pra atualizar meu tumblr (amor/paixão), o blog, enfim, pra ficar linda online. Daí que decidi por uma música que tenho ouvido bastante.

Lifehouse, não me pergunte pq mas gosto, na verdade adoro, tinha todos os cds e ficava ouvindo sempre, até que dei um tempo pq né? Tem música boa de mais porrai. Dias desses lembrei que eles existiam e fui ver se tinha cd novo, e não é que tinha? E de todas as novas músicas me apaixonei logo por essa. Mas tinha que ser né? Sou muito nerve damage: seja uma por si, ou as duas palavras juntas formando uma expressão, essa soy yo! Por isso compartilho cos coleguinha.

A vida? A vida vai bem, agosto acabou, metade do inferno astral ficou lá, com setembro vieram dias melhores, mais legais, e logo logo terei férias. Fico entre viajar ou ficar em casa estudando. Cruel, dúvida cruel. Um dia decido.

PS: não, não vi o vídeo, só peguei pelo audio mesmo, se ainda assim não estiver bom, joguem no google e baixem o cd.

“Used up burned out always got a hand out
Ain’t nothing here for free
Now you’re hanging on the edge of tomorrow
Let go let it be”