Standard

às vezes acho que mudar é a melhor decisão. morar só, perto do trabalho, longe de todo esse barulho de mãe, irmãs, sobrinhos. mas às vezes não sei se aguentaria a barra de ficar só. sei que passo poucas horas de fato em casa, seriam poucas horas sozinha, mas e a madrugada? não ia ter nem ajudante pra dormir de junto, mesmo querendo, até pq, ele nunca está aqui, não estaria só porque eu mudei. e eu ficaria só de madrugada. e sei que acordaria às 5 da manhã porque minha bexiga me odeia e teria medinho de ir ao banheiro, e viveria correndinho, porque meu cérebro acha que somente embaixo das cobertas, com os pés bem longe do chão é que estou segura. e eu tentaria ser forte e não pensar no pior, mas no fim ia dormir dia após dia com a televisão ligada, e dormiria mal. mas me faz tanto mal essas horas de ônibus, esse andar e andar até chegar ao campus ou a escola, e carregar todo esse peso, e lidar com pessoas em ônibus, pq olha, pessoas viram bichos em ônibus. já contei do moço que ficava tirando meleca e passando na lataria do ônibus? do bêbado? dos que ficam de perna aberta? daqueles que empurram? dos que pisam no pé? carro seria uma resposta, pra isso, mas e pro barulho? como hoje, domingo, que eu só queria ler blogs e tenho que conviver com gritos de irmã histérica e de sobrinhos chorões… sei lá, acho que vou escolher o que for menos cansativo quando todas as turmas forem minhas.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s