Considerações

Standard

Faz tempo que não consto as histórias de baladas, e nem é que eu tenha deixado de sair, só esqueço mesmo, e tem umas memoráveis, como o dia que levei um bolo, perdi o último ônibus e tive que ficar horas esperando ser resgatada, mas essa explico melhor outro dia pq foi superada.

Dias atrás fui num dos pubs que mais gosto daqui. Cheguei cedo e achei o dj uma graça, godinho e barbudo, tocou smiths, uma graça. quis. fiquei olhando, e olhando, e ele retribuindo os olhares. parou de tocar e sumiu. eu fui na área externa fumar, ele estava lá também, veio falar comigo. Agora foquemos nessa informação: ele veio falar comigo, se apresentou e puxou papo. sigamos. desci, ele desceu também. uma banda fazia um showzinho, ficamos um do lado do outro e ele segurou minha mão. sempre olhando pra trás, eu na hora saquei que era pra ver se alguém estava vendo, mas né? me fiz de sonsa. terminou o show ele voltou a tocar, uma hora me chamou pra falar alguma coisa, e eu fiquei dançando do lado da cdj. todos subiram, inclusive o pessoal do bar, ai ele me beijou. terminou de tocar, arrumou os cds, me deixou escolher um pra fechar a noite. escolhi last nite dos strokes, ele tocou. terminou de tocar, fechou tudo e ficamos um tempo no bar conversando, nos beijamos denovo e ele falou pra ir com calma. perguntei se ele tinha namorada, ele disse que não e perguntou pq, eu disse que não gostaria de estar beijando alguém que tem namorada. subimos e eu me distraí com o resgate da minha amiga, não nos falamos mais.

a história não acabou pq sou stalker né meu amor? fucei e descobri o nome dele de dj, achei facebook e twitter, mas achei que ia ser demais adicionar. não tinha namorando. desobri que ele tocaria na próxima sexta (cereja do bolo: ia ser aniversário dele) decidi ir denovo, pq se tivesse namorada, ela estaria lá, se não tivesse, bom, ai não seria um escroto mentiroso. fui. ele tocou, me viu e ficou na dele, até que em dado momento tocou last nite. se isso fosse uma história de amor ele desceria e me beijaria nessa hora, mas isso é minha vida bebê, claro que deu merda. terminou de tocar desceu e foi falar com um grupinho, não deu dois segundos tava lá sipegando com uma menina. horas depois minha amiga sipega com um cara, eu me lamento e ele pergunta: peraí, fulaninho? e eu: é, pq vc conhece? ele: meu amigo de infância. rysos né? todos eles. e ele ainda me contou que o djzinho namorava já há seis meses. SEIS F.U.C.K.I.N.G MESES!

só me pergunto: pra que mentir? praqueeeeee?? pra passar vergonha depois? ele acha mesmo que em uma cidade do tamanho de brasília, sendo ele dj e eu sabendo onde ele toca, sabendo q o lugar tem página no facebook eu não descobriria? naive.

e pq ressussitar isso agora? pq há algum tempo eu achei pertinente implicar adicionando-o no facebook, e ele não só não aceitou como me bloqueou, tipos eu não consigo achá-lo se estiver logada. mas claro, não tenho amigos e não faria o teste pelo perfil deles né? ronc. e mais um segue a vida achando que eu o amo. dios! e só peguei pq tava fazendo nada e não tinha nada melhor na festa. vontade de cantar: vc não é tudo isso meu bem.

se ainda fosse o lindo do pré-feriado q peguei, mas isso é história pra outro post.

só descobri que todos os homens da balada são comprometidos. hahahahaha

One thought on “Considerações

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s