O tipo de pessoa que sou

Standard

Vou me vingar de você, vou me vingar de você, vou me vingar de você, vou me vingar de você, vou me vingar de você, vou me vingar de você

Na vibe do VMA decidi ver o programa do VMB na MTV pra ver quem seriam os grandes indicados da premiação. Jeneci e Crioulo, Marcelo Camelo também aparece bastante, mas os dois primeiros meio que estão concorrendo a tudo. Até ai nem é tanto novidade, é só assistir a programação nacional da emissora que dá pra ter uma ideia de pq eles são os favoritos (sim, to falando do Na Brasa). Mas os caras são bons mesmo, melhor pra eles. Só que vim aqui por outro motivo. Fui vendo uma por uma das categorias, até que chegou na minha praia: Web clip. Começou com a Banda mais bonita chata da cidade, super coerente, virou uma espécie de viral, apareceu até na TV por causa disso. O próximo: Shake de Amor, Banda Uó. Aí meus amigos, eu gritei, bati palminhas e fiquei numa felicidade sem fim. Os outros da categoria não contam, quero mesmo só comentar esses dois.

Quem me vê, ou vê meu Lastfm ou meu hypem imagina que sou uma indiezinha dessas que só ouve música desconhecida, e que quanto mais desconhecida melhor. Ok, em parte é verdade. Tá, é tudo verdade. Gosto de ir atrás, de fuçar, de ouvir um som diferente. Tinha tudo pra gostar da Banda mais bonita da cidade, até ouvir a música/ver o clip. Achei arrastado, achei chato, achei muito wannabe Beirut. Tenho preguiça de wannabes. Já Banda Uó, fui ouvir só pessoalmente quando a Poisonn os trouxe. Foi amor. Eu sou fãzinha de Bonde do rolê, e assim que ouvi Banda Uó notei que a proposta era parecida, logo, foi amor. Além disso tem o clip. Gente, o que é o clip de Shake de Amor? É visualmente muito bom, lindo, aquelas cores fortes, aquele cenário insólito. Aqueles três lindos. Tem como não amar? Eu não consegui. Amei.

O que acho mais divertido em tudo isso é que essa disputa mostra bem o tipo de pessoa que sou. Não sou paunocu clássico, pseudointelectual que fica por ai cantarolando sobre penteadeiras. Sou mesmo é uma perdida na vida, uma pessoa que gosta de damage things, que não se aguenta ao som de Shake de Amor, e que adora essas propostas inusitadas, essa mistura com o popularesco que só faz enriquecer a música brasileira. Se você é como eu, faça o VMB ficar mais divertido e menos paunocu. Vote na Banda Uó como web clip do ano.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s