Too serious

Standard

Stalkismo acontece assim: vc entra por alguns segundos no Facebook por um motivo concreto, ai vc vai clicando, clicando, lembra que aquele gatinho do trabalho criou um e que vcs ainda não são amigos, e ai lembra do ex-peguete e vai lá dá uma stalkeada básica, e ai em algum momento estranho vc se lembra daquele carinha por quem vc era apaixonada dos 13 aos 17, e lembra que já naquela época vc era semistalker e que vc sabe o nome dele todo, ai joga na busca e tcharam: um perfil inteiro pra vc futucar até cansar. E bate aquela nostalgia boa, aquela saudadinha de anos atrás, e tb um sentimento estranho.

Mas nem era disso que eu queria falar, era de como as coisas mudam. Sei lá, com uns 11 anos comecei a ficar mais crítica que já era (efeito da adolescência) e era uma coisa BEM radical, de odiar música brega, sertanejo, funk, axé e etc, fora as demais críticas culturais. Mas ai os anos foram passando e eu finalmente aprendi a relativizar, aprendi a ver que certas coisas foram feitas pra serem divertidas, e que podem ser boas dependendo do contexto no qual estão inseridas, e ai virei gente.

E fico mei assim o.O com esse pessoal pseudo-intelectual. Eles parecem isso, crianças de 11 anos que aprenderam a odiar tudo agora e a só amar certos estereótipos. É um tal de só MPB que presta, só os livros fodões clássicos, e por aí vai. E é tão pequeno isso. E eles se acham fodões, se acham melhores que você e que eu. Se acham os mais inteligentes, divertidos, e etc, e no fundo são só isso, crianças críticas demais, que ainda não aprenderam a se divertir e a levar as coisas menos a sério.

E sim, o ex-amor da adolescência é um típico desses, pessoal que curte Caetano, que mete o pau na tv brasileira, que nunca mais olharia na minha cara se soubesse que eu vejo BBB e ouço Banda Uó. E eu? Bom, eu sinto uma peninha e uma preguicinha de gente assim, porque né? Se levar a sério demais é o pior erro que alguém pode cometer.

One thought on “Too serious

  1. REALMENTE NÃO DÁ PARA VIVER DE NOSTALGIA… E AO CONTRÁRIO DE MUITOS, NÃO ME CONSIDERO UMA DARA CHATO APENAS GOSTO DOS CLASSICOS POR SEREM UM PARAMETRO PARA A MINHA VIDA DE ARTISTA. SABE COMO É FICAR GARIMPANDO COISA NOVA E DAR COM OS BURROS N’ÁGUA QUASE QUE 80 POR CENTO DAS VEZES… TEM COISA BOA SIM, E MUITA GENTE QUE OUVE E LÊ E DIVULGA.
    ABORA FALAR DE TV GRATIS NO BRASIL… AI EU DIGO TEM A TV BRASIL, O CANAL FUTURA, E A NOVELA DA VIDA REAL.

    VAMOS COMPOR MAIS UM HINO AO AMOR ETERNO E MAGISTRAL…
    PODE SER UM POEMA OU UMA CANÇÃO DE NINAR…

    TE FAÇO UM CONVITE, A VIDA ANDA CHEIA DE RUIDO?

    SILÊNCIO… A CRIATIVIDADE ROUPAGEM NOVA.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s