Such a cliche

Standard

Eu bem ia fazer um post me lamentando dos meus recém adquiridos 23 anos, falar de como é triste chegar aos 23 virgem solteira, ou de como não estou no trabalho que eu queria, ou de como o ano de 2009 foi um atraso na minha vida, e por isso 2010 não está tão fabuloso quanto deveria, enfim, essa choradeira de sempre. Mas sabe? Deu, vou reclamar não, prefiro rir, uma coisa aliás que faço bem. Exemplo: Michael Jackson morre, eu como fãzinha fico triste, faço post, blá e blá e blá, mas aí começam as piadas, e cara, ri de todas! Sério. Ai teve a eliminação do Corinthians da Libertadores, e eu quase chorei (não foi como em 2002 que eu LITERALMENTE chorei na minha cama por horas e odiei Robinho e cia por anos), fiquei mal, ai hoje ouvindo Pânico, mais piadas, e eu ri! Ri muito gente, e nem é riso de desespero sabe? é riso de graça, pq cara, adianta chorar, adianta ficar de beicinho a vida toda, nãaaao, melhor rir, rir das desgraças, rir de nós mesmos, rir da vida, das pessoas e com as pessoas. E é nesse clima que chego aos 23! Parabéns pra mim, e bora rir!!

2 thoughts on “Such a cliche

  1. Natalia

    parabens pelos seus 23 anos!!! a vida e assim msm!! to na msm merda que vc…so nao sou corintiana…uahuhahua…faz parte da vida!!!
    parabens pelo blog tb!!!
    bjao @nat_apple

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s